Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2008

Alexandre Borges em Portugal!

Oscar Magrini conseguiu alguns dias de folga nas gravações de Duas Caras, da Globo, para viajar a Portugal. Padrinho do Carnaval da Mealhada pelo oitavo ano consecutivo, o actor este ano convidou o amigo Alexandre Borges para assumir o cargo de rei da festa. “Todo ano, junto com Oscar, vai um brasileiro que está fazendo sucesso em Portugal, por causa da novela global. Este ano, por causa de Desejo Proibido, o convidado é Alexandre Borges”, conta a assessora de Magrini.

fonte: fuxico

publicado por . às 13:00
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Janeiro de 2008

Fotos do primeiro beijo de Miguel e Laura!

   

publicado por . às 12:57
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008

Desejo Proibido vai acabar mais cedo!

"Desejo Proibido", a mais nova telenovela da TV Globo, em exibição no Brasil e também na SIC, vai ver a sua produção durar menos do que estava inicialmente previsto. A estação televisiva brasileira decidiu encurtar a trama da telenovela escrita por Walter Negrão em pelo menos 30 capítulos, fazendo-a terminar, no Brasil, no próximo dia 2 de Maio, cerca de um mês antes do programado.

 

 

fonte: correio da manhã

publicado por . às 17:40
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

Letícia Birkheuer está grávida!

Depois de muito negar, Letícia Birkheuer confirmou que está grávida. "É tudo muito recente. Ela está grávida de apenas um mês", disse a assessoria da actriz. Letícia passou a tarde desta quinta-feira, 25, no Projac gravando a novela "Desejo Proibido", em que interpreta a enfermeira Raquel. "Ela quer se preservar e, além disso, o ritmo de gravações está intenso. Ela não deve se pronunciar por enquanto, apenas avisa que está muito feliz", diz a assessoria. Aos 29 anos, Letícia Birkheuer namora o empresário Alexandre Birman há nove meses. Ele, que mora Em São Paulo, está de mudança para o Rio de Janeiro para ficar mais perto da actriz. 

 

 

fonte: ego

publicado por . às 17:58
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2008

Fernanda Vasconcellos fez ensaio para a revista "Nova"!

A actriz Fernanda Vasconcellos fez um ensaio de destaque para a edição de Janeiro da revista Nova. Nas fotos, ela mostra a boa forma em um vestido verde de seda. Depois de participar em  Páginas da Vida, Fernanda Vasconcellos voltou à TV em 2007 para protagonizar sua primeira novela, Desejo ProibidoNa trama, ela vive Laura, jovem que se apaixona por um padre interpretado por Murilo Rosa. 

 

 

fonte: Terra
 

publicado por . às 20:46
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Autor de "Desejo Proibido" já decidiu o destino da personagem de Luiz Carlos Tourinho!

Por causa da morte de Luiz Carlos Tourinho, Walther Negrão, autor de "Desejo Proibido", teve que mudar a história de Nezinho , o personagem do actor. Na história, o sacristão parte da cidade de Passaperto para tentar encontrar com sua mãe. A cena de despedida de Nezinho, está prevista para ir ao ar na sexta-feira, dia 1° de fevereiro, no Brasil. Tourinho morreu na segunda-feira, 21, devido à ruptura de um aneurisma cerebral. 

 

Rede Globo

 

fonte: ego

publicado por . às 20:30
link do post | comentar | favorito

Entrevista: Leticia Birkheuer!

Leticia Birkheuer, a top model e actriz de 29 anos, foi pedida em casamento pelo empresário Alexandre Birman , 30, durante o Natal em família, na casa dos pais de Leticia , em Passo Fundo, Rio Grande do Sul. A cerimónia está marcada para o dia 12 de Julho . Os detalhes, como o local da união, ainda estão na cabeça da actriz , indefinidos, mas fervilhando. O casal se conhece há 11 anos, mas grudou mesmo há nove meses, num encontro em uma sala de embarque para Nova York. Leticia está em sua segunda novela, Desejo Proibido, e sem sentir a menor falta da época de modelo. .



O pedido...
"Foi no Natal. Lá na casa de meus pais, em Passo Fundo (Rio Grande do Sul), com a mãe dele, e pediu minha mão para meu pai e minha mãe. Ele me fez uma surpresa. Achei tão lindo Alê chegar de repente... Ele me falou que ia passar o Natal com a família dele em Belo Horizonte (Minas Gerais). Foi super bonitinho . Ele é muito família, a gente tem isso parecido. Foi do jeito que sempre sonhei. No fundo, no fundo, sempre fui conservadora. Uma menina sonhadora. E mantive os valores da minha família. Minha mãe casou na igreja, de véu e grinalda, e é assim que eu quero. Vai ser em 12 de Julho ! Detalhes ainda não tenho, mas deve ser aqui no Rio. Faço questão de casar na igreja, apesar de não ser uma católica fervorosa de rezar... Toda vez que vou à igreja me emociono, acho bonito. Coisa de menina... Sou muito romântica e o Alê também."

Filhos, o chamado
"Antigamente eu achava criança bonitinha - mas só a dos outros. Brincava um pouco, mas não era muito apegada. De repente começou a bater uma coisa... Meu sobrinho nasceu (João Arthur , 2, filho da irmã, Michele Birkheuer , 27) e comecei a conviver com ele, a achar bonitinho. Comecei a olhar outras crianças na rua... Outro dia fui fazer uma reportagem em um orfanato e saí nas nuvens. Pensei: 'Nossa, sou a mulher mais feliz do mundo! Acho que quero ter um filho!' Até sonhei... Mas não tenho programação. Vou casar primeiro e em algum momento isso vai acontecer."

Nova forma
"Vim para o Brasil para ser actriz . Não preciso mais ser aquele palito de dente. Relaxei. Há dois anos, em Paris, na época dos desfiles, eu pesava 54 quilos. Mas tenho de confessar que estava anoréxica, não comia nada. Agora, depois das festinhas de Réveillon , com a lasanha da minha tia, as pizzas da minha mãe, os minicachorros-quentes dela... Bom, estou pesando 62 quilos! Mas continuo usando manequim 36, acho que no Brasil o tamanho é maior (risos). E isso não está me incomodando."
.


Bye-bye, vida de modelo
"Hoje não tenho a menor vontade de voltar a ser modelo. Gosto do que estou fazendo. Foram 11 anos como modelo. Viajei o mundo inteiro, trabalhei com fotógrafos maravilhosos, fiz os melhores desfiles do mundo. Conheci gente interessante e aprendi muito. Falo cinco línguas: inglês, francês, italiano, espanhol e português. Mas modelo é muito maltratada. Ninguém tá nem aí se você está cansada depois de passar dez horas em cima do salto, se dormiu, se comeu. O actor tem de esperar para gravar, mas é bem tratado. Fico impressionada. Posso esperar sentada, lendo, conversando, lhe oferecem cafezinho, água, sanduíche. Eu precisava cuidar um pouco de mim."

Actriz dedicada
"Não planejei nada, tanto que fiquei na maior dúvida quando recebi o convite. Não vim definitivamente para o Brasil. Só vim para fazer Belíssima (2005). Pensei: 'Bom, se eu não quiser mais ser actriz , volto para Nova York'. E a Globo me contratou. Comecei a estudar, me dedicar, fiz curso em Nova York, procurei um professor particular aqui no Brasil. E aí apareceu Desejo Proibido. Fiz teste, me escolheram e estou amando."

 

 

fonte: Contigo

publicado por . às 13:30
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2008

Morreu Luiz Carlos Tourinho!

Luiz Carlos Tourinho , o Nezinho da novela "Desejo Proibido", morreu às 7h10m desta segunda-feira, 21, vítima de um aneurisma cerebral (ruptura de um vaso sanguíneo) Nas primeiras horas do dia, o actor, de 43 anos, sentiu-se mal e foi levado pela mãe, Edna Tourinho , para o Hospital de Clínicas de Niterói. A prima de Tourinho , Cláudia Maria Paes Leme, disse que a família aguarda a liberação do corpo, que ainda está no hospital. O actor Duda Ribeiro foi um dos primeiros a chegar ao local. "Fizemos quatro espetáculos juntos e tivemos uma convivência muito intensa. Era um excelente companheiro de palco e vai deixar muita saudade. Não estou nem conseguindo pensar direito, pois está sendo uma perda grande para mim e para toda a arte em geral. Sofro em saber que teremos a perda do convívio. Uma das características mais marcantes do Tourinho era a ética. Ele tinha os valores muito esclarecidos e era uma das pessoas mais sinceras que já conheci", disse emocionado Duda Ribeiro. O velório de Luiz Carlos Tourinho está marcado para as 14h na capela do Cemitério Parque da Colina, em Niterói, e o enterro será às 17h. Uma das primeiras coroas de flores a chegar no local foi enviada por Xuxa . Ela e o actor trabalharam em dois filmes juntos: Xuxa e os Duendes 2 - No caminho das Fadas", em 2002, e Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida", de 2004. Em 2005, o actor havia sido internado por causa de um aneurisma. Na época, ele foi tratado e continuava tomando remédios para controlar a doença. Foi um choque a notícia da morte de Tourinho para o elenco de "Desejo Proibido". os actores se reuniram na sala de produção da novela no Projac , onde ficam os estúdios da Globo no Rio. Emocionado, Marcos Caruso disse que o amigo estava radiante com a brilhante fase profissional. "É uma perda inacreditável. Tourinho estava em um momento profissional lindo. Eu não vejo como substituí-lo na novela", diz Caruso . As gravações desta segunda-feira foram suspensas. "Além de um grande amigo e de um actor dedicado, perdemos um grande actor brasileiro. Nós estamos completamente consternados e nos reunimos para tentar solucionar o que faremos com a novela. Fizemos uma reunião de emergência para cuidar da parte prática, que é inevitável, mas está difícil, porque o coração está machucado", disse o director de núcleo da "Desejo Proibido", Marcos Paulo. Luiz Carlos Tourinho nasceu em 16 de maio de 1964, em Niterói. Formado pelo Tablado, no Rio, iniciou a carreira ainda na adolescência. Seu grande sucesso no teatro foi com a peça Pluft , o Fantasminha " de 1985 a 86.  "É uma perda. Tourinho tinha um grande potencial como ator de teatro. Estamos todos muito tristes. Quero conversar com a mãe dele para a gente combinar uma missa no Tablado", diz Cacá Mourthé diretora-geral do Tablado. A primeira aparição na televisão foi na minissérie "O Cometa", em 1989. Ele participou de programas como "Chico Total", em 1996 e 1997, em "Suave Veneno" em 1999, "Sai de Baixo" em 2000, "Gente Inocente", em 2001, e  Xuxa no Mundo da Imaginação", em 2003. O sucesso na TV veio com o personagem Franco, no seriado "Sob Nova Direção ", exibido até o ano passado. Tourinho morava com a mãe, em Niterói, era solteiro e não deixa filhos.

 

fonte: ego

 

Adeus a Luiz Carlos Tourinho: aplausos na despedida do actor

Elenco de "Desejo Proibido" vão ao velório de Luiz Carlos Tourinho

publicado por . às 21:09
link do post | comentar | favorito

Daniel de Oliveira já é pai!

Raul, filho de Vanessa Giácomo e Daniel de Oliveira, nasceu de cesariana às 6h52m nesta segunda-feira, 21, em Belo Horizonte. O menino tem 3,2 quilos e mede 48 centímetros. Daniel acompanhou todo o parto. O actor passou o fim de semana em Salvador, por causa do Festival de Verão, mas antes de voltar para o Rio de Janeiro visitou a mulher, que já estava na capital mineira. "Foi uma grande sorte. Assim o Daniel pôde ver o filho nascer", explicou  a assessoria da actriz. Após o nascimento do filho, Daniel de Oliveira comprou flores para a mulher. Por causa das gravações de "Desejo Proibido", ele volta para o Rio nesta terça-feira, 22. A actriz deve ter alta na quarta-feira, 23, e permanecerá em Belo Horizonte mais um mês com Raul. Mãe e filho ficam hospedados na casa da família de Daniel. O menino precisa tomar as primeiras vacinas antes de viajar para a cidade carioca, onde os actores moram.

 

fonte: ego

publicado por . às 21:08
link do post | comentar | favorito
Sábado, 19 de Janeiro de 2008

Entrevista: Murilo Rosa!

Antes de Desejo Proibido começar, muita gente achava que um padre apaixonado por uma mulher chocaria o público. De acordo com Murilo Rosa, o intérprete do religioso Miguel na novela, não foi isso que aconteceu.

 

 

Em Desejo Proibido, seu personagem aborda uma questão delicada, que é um padre se apaixonar. Você já foi chamado de pecador nas ruas?
Não. A emissora já fez uma pesquisa e 92% das pessoas consultadas querem que o padre Miguel abandone logo a batina e viva sua história de amor sem medo com a Laura.
Quando alguém está em crise com sua vocação, é porque não tem mais aquela vocação. Já aconteceu uma cena em que ele confessava ao Padre Inácio que o amor que sentia por Laura era maior do que a vocação. Ele quer continuar sendo um homem de Deus, mas vai fazer isso de outra forma. Não houve rejeição.

E entre os religiosos? Você já recebeu a resposta de algum padre em relação ao seu papel na novela?
Já conversei com o maravilhoso Padre Omar , que conheço no Rio de Janeiro. O personagem Miguel, aliás, tem muitos pontos de identificação com esse padre. Ele disse que está adorando a novela.
Acredito, na verdade, que um bom padre não vai julgar um colega que se apaixonou e quer deixar a igreja por causa disso. Antes de serem padres, todos são homens e estão susceptíveis a se apaixonar. Tenho o exemplo da minha mãe, que é muito católica. No início da novela, ela torcia para que o Miguel e a Laura não se beijassem. Mas ela não sabia da virada da novela. O casal central geralmente só se encontra no final de um folhetim, mas em Desejo Proibido isso já está acontecendo, o que é legal para a trama.

Você vem de uma família católica. Sua relação com a religião mudou desde que passou a interpretar um padre?
Passei a respeitar muito mais as pessoas envolvidas com religião. Na preparação para fazer o Miguel, passei três dias em um mosteiro, que fica a 100 quilómetros de Curitiba.
Lá vivem 25 monges e 11 deles já fizeram voto perpétuo, quer dizer, vão ficar lá para sempre. Eles oram, lêem e estudam muito. São bastante cultos. Noventa por cento das pessoas envolvidas com a igreja são maravilhosas, estão em missões na Amazónia , trabalhando com pessoas doentes. A igreja católica tem uma história fascinante, mas é comandada por homens e, por isso, cometeu erros como a Inquisição, que todo mundo gosta de enfatizar. O que não dá é para se prender a esses acontecimentos e generalizar. Mas como as pessoas têm uma tendência à maldade, enfatizam os problemas com padres pedófilos e coisas do tipo.

Antes de Desejo Proibido, seu último personagem de destaque foi o Dinho , de América. Você fez mais sucesso com as mulheres como um peão ou como um padre bonitão?
Os personagens chamam a atenção de maneira diferente. Aquelas bem... (pausa) sem-vergonhas ", que adoram um desejo proibido, vão fantasiar com o padre. Ah, eu não vou falar isso (risos).

Já entendi que se o padre for bonitão ele chama mais a atenção...
Chama a atenção mas de um jeito diferente. O Dinho, de América, era um personagem totalmente aberto, não tinha proibições, falava o que queria e realizava suas fantasias com a Neuta, da Eliane Giardini . No caso do padre Miguel, ele não sabia o que é ter essa liberdade para viver um amor. É um cara puro, sem maldade. Às vezes as pessoas fantasiam uma imagem sobre essa figura.

Acha que o Dinho foi um passo importante para você conquistar o seu primeiro protagonista em uma novela da Globo?
Sem dúvida, esse personagem foi um marco na minha carreira. Não porque foi o meu melhor trabalho no sentido da interpretação, mas porque foi a única novela das oito que fiz. Horário nobre é uma outra história, um outro tipo de repercussão.
O destino também me ajudou. Estava bem preparado, como me preparo para todos os personagens. Meu par romântico seria a Gabriela Duarte mas ela acabou ficando com o Tião , personagem do Murilo Benício. Como havia uma história de gracinhas com a viúva Neuta , pensei: "vou investir minhas fichas nessa trama". O casal aconteceu e virou uma loucura. Acho que o Dinho tinha todos os ingredientes que uma mulher sonha. Era um cara fiel, apaixonado, bem-humorado, viril e cheio de desejos. Lembro-me que em um jantar, encontrei o autor Manoel Carlos e ele me disse: "esse é o tipo de sucesso que poucos actores fazem poucas vezes na vida".

Essa afirmação do Manoel Carlos fez você pensar nos trabalhos que viriam a partir dali? Você se angustiou com o que poderia acontecer com sua carreira depois do sucesso do Dinho ?
Não tenho do que reclamar e só posso agradecer as felicidades que estou tendo com essa profissão. Nem todo mundo consegue viver do ofício de actor . Eu consigo, e muito bem.
Antes de Desejo Proibido fui chamado para fazer outras três novelas, mas não pude aceitar porque tinha compromissos. O meu futuro na profissão depende do que estou fazendo no presente. E até agora, tem dado tudo certo.

O personagem que eu precisava fazer nesse momento era o Miguel. Acho ele especial e a novela linda. Também penso que o importante é cada vez mais fazer trabalhos melhores e não ficar louco para ser o centro das atenções da mídia . Já passei pela fase de ir a todas as festas e estreias e depois me ver em todas as revistas. Hoje sei que, quanto mais ficar em casa, melhor será para minha carreira.

O casamento com a modelo Fernanda Tavares e o nascimento de seu filho Lucas interferem nessa sua opinião?
Com certeza. Atingi a felicidade máxima na minha vida pessoal e, profissionalmente, estou fazendo uma novela bonita na melhor emissora da América Latina. Não ignoro tudo isso. Na minha vida eu quero cuidar da minha família e fazer bons trabalhos.

Um passo de cada vez
Murilo Rosa não conheceu o sucesso logo de cara. Muito pelo contrário. O próprio actor brinca com sua estreia na televisão. Foi em 1994, na novela 74.5 Uma Onda no Ar, da extinta TV Manchete.
"Acho que só meus pais, minha tia e alguns amigos assistiam. Tinha um ou dois pontos de audiência", recorda. Em seguida, veio Antonio Alves, Taxista, no SBT . Outra produção que não foi nenhum estrondo. "Mas foi quando comecei a receber alguns elogios", ressalva. O cenário melhorou bem com Xica da Silva, também da Manchete, um folhetim de razoável sucesso. Murilo interpretava o protagonista jovem da trama, Martim. "Foi aí que dei o meu grande passo. Meu trabalho subiu um degrau", avalia. E a carreira não desandou mais. Ele ganhou mais outro papel importante em Mandacaru e não demorou a ser chamado por Jayme Monjardim para interpretar um personagem na segunda fase da minissérie Chiquinha Gonzaga, de 1999. Desde que fez esse trabalho, nunca mais deixou a Globo, emissora com a qual tem contrato até 2011. "Sem falsa modéstia, tenho uma carreira muito bem construída", enfatiza o actor que, um dia, estudou Educação Física em Brasília e sonhava em ser atleta.

Sem parar
Não é a primeira vez que Murilo Rosa encarna um protagonista na televisão. Em Mandacaru , dirigida por Walter Avancini na Manchete, o actor vivia o personagem central da trama.
"Naquela época chegava às 6h30 para gravar. Hoje consigo começar às 9h", compara. Apesar da carga de trabalho ser pesada, com centenas de cenas para serem feitas, o actor não reclama e nem encara o título de protagonista como um peso. "Estou feliz, entendo a força de meu personagem na trama mas não encaro isso como um peso. Tenho mil outras coisas para fazer", resume Murilo. E tem mesmo. Além de dar atenção à família, o actor foca suas energias no cinema. Em Março deste ano, estreia o filme Orquestra dos Meninos, também protagonizado por ele. O longa, dirigido por Paulo Thiago , conta a história do maestro pernambucano Mozart Vieira, que ensinava música clássica para crianças carentes. "Talvez tenha sido o melhor papel da minha carreira", arrisca o actor . E ele não pára por aí. Com o fim da gravação das novelas, Murilo segue para a Índia, onde filma "Tamarindo", do indiano Indranil Chakravarty .


 
 

 

fonte: Terra

publicado por . às 18:15
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Banda Sonora Desejo Proibido!

01. Aqui - Ana Carolina
02. Trem das Cores - Caetano Veloso
03. Rosa - Maria Monte
04. Desenredo - Boca Livre
05. Sonho Lindo - Tânia Mara
06. Amor de Índio - Roupa Nova
07. Todo Azul do Mar - 14 Bis
08. O Trenzinho do Caipira - Boca Livre
09. Tamanho Não é Documento - Eduardo Dussek
10. Deusa da Minha Rua - Ivo Pessoa
11. Céu Cor de Rosa (Indian Summer) - Sidney Magal
12. Danada da Preguiça - Luk Brown
13. Tipo Zero - Edson Cordeiro
14. Diabinho Maluco (Instrumental) - Joel Nascimento
15. Ave-Maria - Selma Reis
16. Hino Sertanejo - Tonico e Tinoco

 

CD Vários - Trilha Sonora de  Desejo Proibido

 

Download Banda Sonora Desejo Proibido

publicado por . às 15:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2008

Audiências do 1ºepisódio!

A novela Desejo Proibido estreou a seguir ao à série de humor, Camilo em Sarilhos também no dia 14 de Janeiro, segunda-feira com 9.1% de audiência média e 22.3% de share. Registou 2.303.100 espectadores de audiência total e um consumo médio de 20 minutos, aproximadamente por espectador que equivale a cerca de 38% da duração total do episódio.

 
.
fonte: Marktest
publicado por . às 16:31
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Entrevista: Grazi Massafera!

"Eu não entendia nada de arte"
Em sua segunda novela, Desejo Proibido, desde Novembro , Grazi está mais à vontade com os companheiros de elenco. Diz que não detecta mais preconceito ou "picuinhas". De valioso ganha-pão, a carreira de actriz agora é encarada como vocação. Grazi levanta cedo, grava cerca de 12 cenas e volta tarde para casa quase todo dia. Quando pode, passa o texto com Cauã "Eu não entendia nada de arte quando comecei. Não via TV para observar como fulano actua bem ou, então, para elogiar um plano de câmara . Agora, reparo em tudo isso", exemplifica. Virou também a queridinha do mercado publicitário, alcançando, em pesquisas encomendadas por seus empregadores, até a classe mais alta da sociedade. "Diante disso eu até posso me sentir a tal. Mas depois desço do salto rapidinho. Sou como vocês. Faço xixi, faço tudo", diverte-se com o exemplo. "O que me espanta é quando sinto que dão um peso a meu nome que foge do meu controle. Afinal, hoje estou aqui no alto, mas, amanhã, não sei. Pensando assim, vou levando minha vidinha tranquila ", diz.

.

"Ele é super carinhoso "
No início, ela acelerou tudo o que podia, para aproveitar a onda. Agora, está mais cautelosa na hora de assinar algum contrato. "Eu queria arrecadar tudo. Achava que não precisava dormir ou comer. Só queria trabalhar e trabalhar, em nome da grana. Hoje, penso na saúde e acho que tenho de melhorar a cada dia. Não podia ficar nesse oba-oba ", conta. Aquela euforia do início diante da gorda conta bancária passou. O volume de trabalho minou seu relacionamento anterior, com o DJ Alan Passos, 29, com quem ela se considerava casada. Ele reclamava do facto de ela trabalhar sem parar e a alertava para se preocupar com a própria saúde. Os cuidados passaram para Cauã "Ele é super carinhoso . Tudo é um aprendizado. Às vezes, você erra numa relação para acertar na outra. Às vezes, até sem saber", diz ela, entregando uma das chaves do relacionamento. Ela comenta a saudade que teve de Cauã quando ele foi para São Paulo filmar o longa-metragem Se Nada Mais Der Certo e ela ficou no Rio. "Por pouco tempo essa distância é legal. Surge uma saudade boa. É muito compreensível quando a pessoa viaja a trabalho. Seria muito egoísmo se eu quisesse prendê-lo para ficar comigo. Mesmo assim, a gente se via sempre. Com Cauã não me sinto sozinha nunca." Ciúmes ela já não tem mais nem das tórridas cenas dele em Eterna Magia. "Não gosto, nem desgosto. Não reparo onde estão passando a mão, onde ele está sendo beijado. Afinal, posso ter de fazer a mesma coisa. Isso é amadurecimento na profissão e confiança em quem está comigo."
.
.
"Beijo? Na nuca e na boca..."
Romântica, Grazi não dispensa um bom beijo como carinho. "Na nuca e na boca. Não me venha limitar", diz, soltando mais uma de suas gargalhadas. O limite é ela que impõe. "Se vale tudo entre quatro paredes? Coloca aí: risos, exclamações, diz que fiquei roxa de vergonha! Agora, chega!", avisa, para, na pergunta seguinte, abrir uma brecha. "Não faço sexo só por fazer. Tenho de estar amando. Quando se está apaixonada e fica querendo muito aquela pessoa, o fogo na caçarola, como Florinda diz, só aumenta", avisa, no maior bom humor, referindo- se à sua personagem em Desejo Proibido. Diante de um namoro tão bem resolvido, é natural querer saber se a actriz já ouviu o pedido de casamento. Cauã está óptimo ", desconversa, dando risadas. Uma chave a menos. "Nunca tive medo de virar titia '. Meu pai é que tinha. Quando era mais nova, ele era doido para que eu casasse. Agora, relaxou. Viu que primeiro quero trabalhar", diz ela, que ainda não teve chance de apresentar o namorado ao senhor Gilmar Massafera , 47, que mora em Paranaguá no Paraná. "Está difícil de a gente ir para lá e de ele vir para cá. De repente, todos se encontram no Carnaval", diz a actriz . Já dona Cleuza Soares, 47, que ainda vive em Jacarezinho PR ), aprovou a relação. "Ela adora o Cauã Dou ouvido à opinião dos meus pais, mas não deixo falarem muito porque não são eles que estão convivendo", explica.
.

 

"Tem de namorar e depois casar"
O momento do "sim" vai chegar, mas Grazi não quer pular etapas. "Tem de namorar e, depois, casar. São etapas indispensáveis. Já fui louca para casar de vestido bufante . Hoje penso numa roupa básica, tipo um tubinho, numa cerimónia só para a família e os amigos íntimos", diz, mais madura, se esquecendo até do clássico príncipe encantado que toda menina sonha em encontrar. "Não adianta achar que ele existe. Pensar assim faz mal. Você fica chata e vira um monstro que cobra demais. Num casamento, nem tudo são flores. Mas, na maior parte do tempo, sim." Por enquanto, Cauã e ela vivem em bairros vizinhos (ele mora na Barra da Tijuca ). "Casamento é escolher a pessoa que você ama e constituir família. Não existe uma data certa para decidir se casar. Pode ser em um mês, um ano ou dez", diz. O que não impede um de dormir na casa do outro. Quando estão juntos, gostam de programas simples, como assistir a um DVD, pegar um cinema, ir à praia ou sair para jantar.

"Não vou adiar muito"
O plano seguinte, de ser mãe, virá depois da estabilidade como atriz . "Quero ser mãe. Deve ser mágico ver pela primeira vez a carinha do filho. Não vou adiar muito. Lá pelos 28 anos é uma idade óptima ", projecta . O único plano é o Carnaval, como rainha de bateria da escola de samba Grande Rio. Ela malha três vezes por semana para ficar em forma. "Não quero ficar gostosa, porque nunca vou conseguir. Mas, melhorar um pouquinho é sempre bom. Sempre me achei muito magrela para ser a rainha. No Carnaval, poderia até ter ouvido um 'Sai, sem bunda!' (risos). Agora, desencanei ", brinca.


 
.
fonte: contigo
publicado por . às 17:18
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Rodrigo Lombardi já é pai!

O actor Rodrigo Lombardi, que interpreta o jornalista Ciro, em Desejo Proibido, foi pai. Seu filho com a maquilhadora de efeitos, Betty Baumgarten, chama-se Rafael e nasceu na Casa de Saúde São José, no Rio de Janeiro. O bebé veio ao mundo, através de uma cesariana, medindo 50cm e pesando 3,700kg.

fonte: fuxico

publicado por . às 16:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 15 de Janeiro de 2008

Fotos do 1ºEpisódio!

      

publicado por . às 13:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008

Estreia Hoje!

Desejo Proibido estreia hoje, de acordo com a Sic, ás 21:50. Não Percas!

publicado por . às 17:30
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2008

Entrevista: Fernanda Vasconcellos!

001k9t05


Alguns actores buscam os personagens nas suas experiências. Outros usam elementos externos, inventando uma segunda personalidade. Qual o seu caso?
As coisas se misturam. De repente, é como se me transformasse em duas pessoas. É tão louco que, outro dia, sonhei com a personagem e acordei confusa, sem saber se eu era Fernanda ou Laura.

Que tipo de personagem seria desafiador?
Uma louca, alcoólatra ou drogada. Como a Heleninha Roitman, da Renata Sorrah.

De "Malhação" para protagonista em horário nobre.
Tive sorte. E sempre estive cercada de pessoas bacanas, que me ajudaram muito. O Marcos Caruso foi literalmente um pai para mim [Caruso era o pai de Nanda na novela "Páginas da Vida"]. Eu sempre soube usar a experiência daqueles que contracenavam comigo. Perguntava o que eles achavam do meu trabalho, pedia conselhos... Fora isso, sou esforçada e não me canso.

Como você está encarando o desafio?
É prazeroso, mas não é uma prova de fogo. Isso não aconteceu do dia para a noite. Eu me preparei muito para fazer a Laura. Tive aulas para impostar a voz: a Laura é desafiadora, e tenho um tom de voz que não condiz com o tipo. Fiz aulas de equitação, já que a Laura cavalga. Fiz aulas de corpo, para definir a postura. Por trás de todo ac
tor, existe uma equipe. Ninguém faz sucesso sozinho! Dia desses, gravei com o Cássio [Gabus Mendes] e me senti uma telespectadora. Ele é tão bom que tive que pedir desculpas. Não conseguia me concentrar.

Se não fosse ac
triz, o que seria?
Juíza. Fiz Direito até o quarto ano. Quando criança, queria ser astronauta.

O assédio dos fãs perturba?
Nem um pouco. É estimulante.

Dizem por aí que você é muito ligada na família...
Quando viajei para Amsterdão
para gravar "Páginas da Vida", quase enlouqueci. Nunca tinha saído do país e, de repente, estava eu lá, longe da base. Chorava demais. Minha família é o que me centra. Aliás, minha mãe, Adenilde, está aqui no Rio, me ajudando na decoração do apartamento que eu acabei de comprar, na Barra da Tijuca. Também comprei um para os meus pais, na Mooca, em São Paulo, onde fui criada.

Eles ainda moram lá?
Ninguém troca aquele bairro provinciano e macarrônico por nada. Aquele lugar tem história, tradição [suspira]. Sinto muita saudade. Morar sozinha é estranho. Até hoje não me acostumei.

E o André, qual o papel dele na sua vida? [Ela namora há três anos André Marques, apresentador do "Vídeo Show"].
O André é meu chão. Ele me ajudou a sobreviver longe da família. Parece bobo, mas é muito bom saber que você pode ligar para alguém para contar que seu pneu furou ou para dizer que está triste e não quer dormir sozinha. Somos felizes. A gente gosta de ficar em casa. Uma boa comidinha e um DVD é o suficiente.

Ele é ciumento?
Um pouco.

Que reação teria se o André fosse fazer uma novela, num papel sensual?
Não suportaria. Sou muito ciumenta.

Você tem alguma mania?
Mania de limpeza. Desinfec
to o banheiro várias vezes ao dia. Lavo louça com água fervendo. Não bebo no copo dos outros. Sabe quando o copo "sua" na mesa do restaurante e deixa o papel molhado? Tiro o copo e passo um pano na mesa. Se fosse a um psiquiatra, certamente ele diria que tenho TOC (transtorno obsessivo-compulsivo).

Qualidades e defeitos.
Gosto da minha simplicidade. O sucesso e o glamour não me pegam. Não admiro quem tira partido da própria fama. Mas não curto este meu jeito expansivo. Deixo as pessoas entrarem demais na minha vida. Sou do tipo que abraça o entregador de pizza e, depois, não sei como dizer para ele que quero comer a pizza sozinha [risos].

.

fonte: Marie Claire

publicado por . às 13:57
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Janeiro de 2008

Estreia!

Desejo Proibido vai estrear dia 14 de Janeiro, segunda-feira, á noite!
publicado por . às 14:11
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 5 de Janeiro de 2008

Entrevista: Alexandre Borges!

Alexandre Borges começou tarde na televisão. O actor, que interpreta o psicanalista Escobar em Desejo Proibido, estreou na Manchete em Guerra Sem Fim, em 1994, e, de lá para cá, colecionou vários personagens metidos a conquistadores, como o gigolô Bruno de A Próxima VítimaAos 41 anos, Alexandre percebe que agora tem mais oportunidades de conseguir papéis densos e com outras motivações além de tops e minissaias. "Não deixaria de aceitar um trabalho com medo de ficar rotulado. Mas a idade atrai uma profundidade maior para os personagens", avalia. Em sua primeira novela de época, o actor prefere não se prender apenas a dados históricos e tenta dar um tom contemporâneo à sua actuação. "Não trabalho em museu e não estou restaurando nada. Acho que os sentimentos e a necessidade de expressão são inerentes ao homem", explica.

.

 

Em Desejo Proibido, que se passa no Brasil dos anos 30, você interpreta um psicanalista que se apaixona pela paciente. Você condena seu personagem por isso?
Essa não é uma característica contemporânea. Mas, estudando para a composição, vi que era algo comum antigamente. Aconteceu com vários profissionais. Só depois que constataram os malefícios desse tipo de envolvimento começaram a tomar cuidado para que não se repetisse.
Hoje em dia, a gente sabe que é algo que vai contra o código de ética da profissão, mas antes não era assim. Isso é uma coisa legal para trabalhar nesse personagem: abordar a psicanálise. As novelas costumam tratar de temas populares e estou lidando com uma ciência um pouco elitista no Brasil. Acho importante mostrar por que ela existe e que resultados pode trazer, mesmo que dentro de uma temática de época.

Como foi sua preparação para compor o Escobar?
O que mais me interessou nesse trabalho foi a possibilidade de conhecer melhor um mundo que eu já tinha alguma noção de como funcionava. É fundamental para o actor entender psicologia, filosofia e sociologia. São estudos que sempre trazem descobertas bem-vindas na construção dos personagens. Como o nosso foco é a psicanálise, me concentrei na história da psiquiatria e na sua evolução dentro da sociedade. Esse estudo me ajudou também a entender melhor a relação que o Escobar cria com a personagem da Letícia Sabatella.

Você encontrou alguma dificuldade por ser sua primeira novela de época?
Não me prendo muito a esse tipo de característica. Não procuro me transportar para uma época. É lógico que existem atitudes, comportamentos, enfim, certos códigos que demandam estudo. Mas a própria produção de arte da novela ajuda. E, de alguma maneira, tudo isso está dentro de você. Acredito que carregamos uma herança dos nossos antepassados que nos ajuda a entrar nesse clima. Por mais estranho que pareça, o que procuro é ter algum dado contemporâneo. Não trabalho em museu e não estou restaurando nada. Acho que os sentimentos e a necessidade de expressão são inerente ao homem. Busco que uma emoção seja actual.

Durante alguns anos, você interpretou personagens que tinham sua sensualidade bem explorada nas tramas. Em Desejo Proibido, apesar do clima de romance, essa abordagem já é diferente. Você acha que a maturidade trouxe novas oportunidades na televisão?
Pode ser que sim, mas acho que tudo isso depende mais da sorte mesmo. E até percebia esse lado, mas não ficava grilado. Não vou deixar de fazer um personagem que tem características parecidas com as de outros da minha carreira só para mostrar que quero fugir de rótulos.
Mesmo que eu estivesse em um contexto diferente em Desejo Proibido, trabalho um texto que é do Walther Negrão. Nunca fiz nada com ele e isso já é uma novidade. Já aumenta minha motivação para trabalhar. Mas é claro que a maturidade me traz coisas novas. Acho que atrai uma profundidade maior em algum sentido. Vejo como um caminho natural. Adorei fazer todas as novelas e foram elas que me deram todo o prestígio que eu tenho hoje. Junto com sorte, que esteve sempre ao meu lado, desde a minha estréia.

Você deveria ter estreado em O Marajá, na Manchete, mas a novela foi embargada e substituíram-na por Guerra Sem Fim, em 1994. Como você lidou com essas incertezas na época?
É muito estranho ver um trabalho seu proibido de ir ao ar. Mas acho que Guerra Sem Fim foi um grande marco da teledramaturgia e me orgulho muito de ter participado. Foi ela que me levou para a Globo.
Acho engraçado porque hoje todos acham ousado usar favelas como locação de novelas, abordar o tráfico de drogas, mas a gente fez isso há 13 anos. Não quero tirar o mérito de Vidas Opostas, mas fizemos um grande trabalho. Guardo grandes lembranças dessa época, porque estreei na televisão, recebi o convite para a Globo e conheci a Júlia Lemmertz, minha esposa, nas gravações.

Você e a Júlia estão, mais uma vez, trabalhando na mesma novela. Mesmo em núcleos diferentes, isso facilita o trabalho de vocês?
É engraçado esse "mais uma vez", porque a gente realmente faz muita coisa junto. Mas é pura coincidência. Tem gente que acha que temos esse poder de escolha, mas não funciona assim.
Bom, a melhor vantagem é que tiramos férias juntos, mas também rola de um ajudar o outro a decorar o texto. E, em cenas mais difíceis, a gente acaba ensaiando junto. Torna-se uma segurança a mais, sem dúvida. Mesmo com 20 anos de carreira, ainda tenho aquele frio na barriga com qualquer trabalho. Sempre rola aquele medo do projecto não dar certo.

Esse medo tem alguma relação com a baixa média de 23 pontos de audiência que Desejo Proibido tem conseguido?
Não. Mas não vou dar uma de hipócrita e dizer que nem me preocupo com o Ibope. Só não sou imediatista. Acho que a novela está começando e tem tudo para reconquistar a audiência do horário.
A gente vai aprendendo ao longo da carreira que vários factores ajudam e atrapalham as novelas. O horário de verão, festas de fim de ano e Carnaval, por exemplo, são inimigos da faixa das 18h. Prefiro dar tempo e ver o que acontece. Daqui a seis meses, se a novela não tiver audiência, eu também vou me perguntar o que aconteceu, onde desandou, mas por enquanto não fico grilado com isso. Tenho as inquietações normais de um actor, aquele frio na barriga mesmo, que nunca vai me deixar.

Depois de 20 anos de carreira, 13 deles na TV, como você avalia sua trajectória profissional?
Procuro viver o meu momento, sem idealizar demais. Fiquei nove anos trabalhando com um grupo de teatro de São Paulo. Me preparei, me dediquei e as pessoas viram isso, resolveram apostar em mim. Até quando isso vai durar ou até quando isso vai ser na Globo, eu não sei. Não paro para pensar nessas coisas. Prefiro aproveitar o hoje e esperar que ele me traga oportunidades melhores amanhã. E isso sempre deu certo.

.

 

.

fonte: Terra

publicado por . às 11:48
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 4 de Janeiro de 2008

Estreia de "Desejo Proibido" foi adiada!

Com a entrada de Nuno Santos na Sic já na proxima segunda-feira as alterações no canal de Carnaxide já começaram, por isso, a estreia de Desejo Proibido marcada para dia 7 de Janeiro ficou adiada.

 

001gx58b  

  

fonte: novidades da tv

publicado por . às 20:21
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Entrevista: Camila Rodrigues!

Camila Rodrigues foi modelo na adolescência e estudou teatro, mas sempre sonhou com a TV. E entrou para a Globo em 2005. Já fez América, a minissérie Amazônia e agora está na novela Desejo Proibido onde faz de Guilhermina . A seguinte entrevista foi feita pela revista Vip.

.

.

Curtiu fotografar para a VIP?
Adorei. Já tinha achado lindo o ensaio da Fernanda Paes Leme (capa de Dezembro de 2007 da Vip), que é muito minha amiga. E adorei toda a revista. Aí surgiu o convite de vocês.

Você se sentiu à vontade?
Adoro fazer foto. Comecei como modelo aos 14 anos. Então não fico tímida, é um prazer. A diferença é que num ensaio sensual é você mesma quem aparece.

Qual o ponto forte do seu corpo?
Gosto muito da minha boca. Acho bem desenhada. Também gosto dos meus olhos. São grandes e puxadinhos, e um misto de mel e verde. E tudo que eu expresso passa pelo olhar.

Mulheres lindas sempre acham um defeito no próprio corpo que a gente não consegue ver. E você?
Defeito, acho que não. Eu só gostaria de ser um pouco mais alta e mais magra. Fica mais elegante.

Você malha para manter a forma?
Já fiz muito esporte e nem precisava malhar. Joguei vôlei até uns 14 ou 15 anos. Depois, malhava uns meses mas parava. Passei a malhar bastante para fazer Amazônia porque a personagem era uma seringueira e eu precisava ser magrinha e seca. Aí peguei gosto.

Uma tatuagem sua é a palavra “sincronicidade”, igual à tatuagem que a Fernanda Paes Leme tem. Vocês combinaram?
A gente fez há uns meses em grupo: eu, a Fê, o Bruno (Gagliasso, actor e marido da Camila há um ano e meio) e um amigo nosso de Salvador. A minha e da Fê é no mesmo lugar, a deles é no braço. A gente escolheu a palavra porque nosso professor de teatro sempre falava em sincronia. Porque a gente precisa da voz, da interpretação, da inteligência cênica.

Então não tem nada a ver com a música Synchronicity, do Police?
Não, nada.

Como você virou actriz?
Sempre amei televisão e sou desinibida e eléctrica desde criança, nunca tive vergonha. Desde os 14 anos, fazia testes para a Globo. Quando estava me formando em teatro, finalmente fui aprovada para fazer América. Foi uma grande felicidade.

E fora do trabalho? Você é baladeira ou caseira?
Muito mais para caseira. Eu e o Bruno ficamos em casa sempre que temos tempo livre. Mas a gente vai a barzinhos ou os amigos se juntam e vão em casa.

Vai ficar em casa no Carnaval?
Não. A gente vai para Salvador. É legal demais sair nos blocos. Volto pro Rio para o desfile das campeãs. Afinal, sou mangueirense desde sempre.

Já sabe o enredo da Mangueira de cor?
Desta vez, ainda não. Mas estou para pegar o CD e decorar a letra. No Carnaval, já vou saber tudo.

No samba, você é Mangueira. no futebol?
Eu nem devia te contar... Eu era Fluminense por causa do meu pai, que sempre me levou em estádio. Mas casei, virei Flamengo e vou ao Maracanã todas as vezes que posso. Se Deus quiser, o Flamengo ganha a Libertadores e aí vou pro Japão ver o Mundial.

publicado por . às 15:06
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2008

Persongens Principais!

Laura (Fernanda Vasconcellos): Foi encontrada quando bébé dentro de uma canoa à deriva no rio Itareré por Ana, que a adoptou como filha. Quando jovem, vai para São Paulo estudar num colégio de freiras, mas retorna a Passaperto para passar férias de verão. Começa um namoro arranjado com Henrique (Daniel de Oliveira), mas descobre o verdadeiro amor quando conhece Miguel (Murilo Rosa). Linda e corajosa, corre atrás de seus objectivos, mas sem perder a doçura.

.

001hcsew

.

Miguel (Murilo Rosa): Jovem padre, com ares contemporâneos, divide-se entre seus interesses científicos e suas funções sacerdotais. Foi criado por religiosos, pois ficou órfão muito cedo. Enviado a Passaperto pela Igreja para investigar a veracidade do milagre da Virgem de Pedra, viverá um amor intenso por Laura (Fernanda Vasconcellos), que vai pôr em dúvida sua vocação.
.

001he9pp

.

Henrique (Daniel de Oliveira): Criado pela avó Cândida (Eva Wilma) após a morte da mãe, Henrique se torna um jovem egoísta e inescrupuloso. Apesar de namorar Laura (Fernanda Vasconcellos), sente uma forte atração por sua madrasta, Ana (Letícia Sabatella). Verá em Miguel (Murilo Rosa) uma ameaça ao seu casamento com Laura e fará de tudo para distanciá-los.
.

001hdrc1

publicado por . às 22:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Fotos da Festa de Lançamento de "Desejo Poibido"!

001hgtbc 

 

001hhys2 

 

001hkwkc 

 

001hp8dh 

 

001hq0w2 

 

001hr0b6 

 

001hse52 

 

001ht9zx 

 

001hw652 

publicado por . às 18:19
link do post | comentar | favorito

Dia de estreia!

A nova novela da Sic, "Desejo Proibido", estreia dia 7 de Janeiro ás 14:15. Fernanda Vasconcellos, Murilo Rosa, Daniel de Oliveira, Leticia Sabatella, Alexandre Borges, Lima Duarte, Marcos Caruso, Nívea Maria e José de Abreu são alguns dos actores que participam em "Desejo Proibido".

 

001gx58b

 

publicado por . às 17:23
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Último post: E o final fo...

. Último episódio de Desejo...

. Fernanda Vasconcellos fez...

. Desejo Proibido foi ontem...

. Último episódio de Desejo...

. Entrevista: Sthefany Brit...

. Camila Rodrigues em Malha...

. Murilo Rosa aproveita vis...

. Novos Casais: Camila Rodr...

. Murilo Rosa nos Globos de...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008